Drones para mapeamento Drones para mapeamento

Drones para mapeamento

8 minutos para ler

Drones para mapeamento aéreo já são uma realidade. Para tal finalidade já temos alguns drones potentes, pensados para a função, e aplicativos que são de grande ajuda para muitos setores que queiram se deleitar nas vantagens desta nova onda.

Os aplicativos disponíveis para mapeamento aéreo são compatíveis com os sistemas Android e IOS. Além disso, alguns dos aplicativos são compatíveis somente com alguns drones em especifico.

Portanto, veja esses 05 aplicativos para mapeamento com drones na lista abaixo:

App DRONEDEPLOY

Compatibilidade sistema: Android e IOS

Compatibilidade com drones: Phantom 3, Phantom 4, Inspire, Matrice e Mavic PRO

Características: possui sistema de integração, sendo possível realizar o plano de voo na empresa, ou qualquer outro lugar, por meio de um computador e depois acessar tal plano de voo no celular ou tablet ao realizar o login no aplicativo.

App DJI GROUND STATION PRO

Compatibilidade de sistema: IOS

Compatibilidade com drones: Phantom 3, Phantom 4, Inspire, Matrice e Mavic PRO

Características: este é um aplicativo da DJI pensado para a linha de suas aeronaves, possui diversas configurações que exigem um certo cuidado no planejamento para não ter surpresas no resultado do mapeamento.

App SKYDRONES

Compatibilidade de sistema: IOS e Android

Compatibilidade com drones: Phantom 3, Phantom 4, Inspire e Matrice

Características: possui a mesma função que os aplicativos de mapeamento comuns, no entanto o SKYDRONES é um aplicativo fácil de trabalhar.

App PRECISION FLIGHT

Compatibilidade de sistema: Android e IOS

Compatibilidade com drones: Phantom 3, Phantom 4, Inspire, Matrice e Mavic PRO

Características: possui fácil planejamento de operação e fácil utilização.

App PIX4D CAPTURE

Compatibilidade de sistema: Android e IOS

Compatibilidade com drones: Phantom 3, Phantom 4, Inspire, Matrice e Mavic PRO

Características: possui diversas opções de mapeamento, incluindo mapeamento 3D em estruturas como prédios, casas, etc.

Como resultado, o uso destes aplicativos na atividade com drone para mapeamento torna-se indispensável, tornando possível o planejamento de voo, que será a demarcação da área em que o drone irá sobrevoar.

Dos 5 aplicativos citados, o mais usado é o DRONEDEPLOY. Usuários garantem ser o mais confiável, pois raramente apresenta problemas, possui suporte técnico eficiente e fórum sempre disponível.

Juntamente com esse conhecimento dos aplicativos para mapeamento vamos entender quais a vantagens do mapeamento urbano com drones. Assim, podemos ver como a junção destes aplicativos com a tecnologia dos drones poderão trazer bons resultados.

Mapeamento urbano com drones

Certamente o uso de drones para mapeamento urbano garante custo menor e mais agilidade nos processos e operações. Em comparação a outros meios de obtenção de dados, o drone bate o recorde, por exemplo, uma empresa executa um projeto de mapeamento de 260 kms de uma rodovia em apenas 60 dias. Já pensou quanto tempo levaria para mapear toda esta extensão com nossos meios tradicionais?

Sob o mesmo ponto de vista, temos bons motivos para usar os drones para mapeamento em construção ou reparo em estradas, rodovias, etc.

Também há vantagens em usar os drones para mapeamento quando falamos sobre fiscalização na faixa de gás, pois para esta atividade é preciso que uma pessoa vá até o gasoduto para identificar os pontos necessários, assim há um grau de risco elevado para o indivíduo que fará a inspeção e ainda será necessário um tempo até a conclusão da fiscalização.

Além disso, outra atividade que remete risco é a função de realizar o cálculo de volume da sucata, normalmente é feita com um instrumento chamado de estação total e um prisma, semelhante a um farol, logo com estes instrumentos irradia-se pontos sobre a superfície da pilha de sucata que deseja obter dados.

Assim, tal atividade apresenta um grau de risco para o indivíduo devido à instabilidade da montanha de sucata, com o uso de drone para mapeamento a atividade se torna mais segura e adequada.

As atividades com drones para mapeamento urbano apresentam a seguintes vantagens:

  • Otimização do tempo;
  • Redução de pessoa em campo;
  • Redução dos custos;
  • Maior segurança;
  • Detalhamento dos dados.

Podemos perceber por que o uso de drones para mapeamento tem sido amplamente aceito pelos empreendedores e os órgãos públicos, os benefícios são inúmeros e o impacto positivo na economia é evidente.

Não é só os centros urbanos que estão aproveitando as novidades desta nova tecnologia, pois o uso do drones para mapeamento agrícola também tem gerado ótimos resultados.

Mapeamento agrícola com drones

A tecnologia em inúmeros setores tem mudado a maneira como as coisas são feitas, e com a agricultura não é diferente. A agricultura tem acompanhado o homem desde os seus primórdios, e já foi o principal meio de sobrevivência de sociedades antigas.

Com a evolução do homem, a agricultura se moldou aos cenários propostos em cada época e hoje com o avanço tecnológico, a agricultura está se mostrando mais uma vez ser um setor flexível a mudanças.

Com nossa tecnologia atual é possível sobrevoar um campo com um robô não tripulado, guiado por um controle remoto, com capacidades incríveis. Como resultado o uso de drones para mapeamento na agricultura representa mais um avanço tecnológico para este setor do mercado.

O drone para mapeamento agrícola traz vantagens para o MIP (Manejo Integrado de Pragas), permitindo uma melhor gestão de milhares de hectares em tempo real, fornecer dados estáticos, diminuindo as decisões pautadas em percepções, além é claro de aumentar a segurança nos processos.

Os drones para mapeamento melhoram os estudos e planejamentos dos talhões, devido ao panorama geral que se obtém da lavoura. Também permite sistematizar o plantio, aplicar insumos em áreas segmentadas e analisar a eficácia das aplicações.

Como resultado, com os drones na agricultura, é possível prover sistemas de irrigação automatizados, é possível obter dados reais da regularidade do cultivo, também sobre assuntos climáticos como o nível de umidade do ar.

Mas, como veremos a seguir é importante ter um tipo de drone adequado para mapeamento, com sistema de topografia, para que o processamento de imagens com drones seja de boa qualidade.

Tipos de drones para mapeamento

A princípio, a DJI, uma fabricante de drones, fez um recente lançamento de um super drone voltado para atividade de mapeamento que foi denominado de Phantom 4 RTK. Existem muitos modelos de drones para realizar a atividade de mapeamento, no entanto este novo modelo da DJI surpreende em muitos aspectos, veja alguns deles logo abaixo:

  • Aerofotogrametria de alta precisão;
  • Novo módulo RTK, que permite conceder dados de posicionamento cinemático em tempo real com precisão de centímetros;
  • Módulo GNSS redundante para manter a estabilidade de voo, mesmo em áreas com sinal fraco, como nas grandes cidades;
  • Otimização de voo;
  • O módulo RTK fornece precisão de posicionamento de 1cm+1PPM na horizontal e 1,5cm+1PPM na vertical;
  • Sensor CMOS 1 de 20 megapixels;
  • Capacidade alcançar distância de amostra do solo de 2,4 cm a 100 metros de altitudes de voo;
  • Capacidade para áreas onde não há cobertura para o RTK, de usar o Post Processed Kinematics (PPK);
  • Capacidade de armazenar tudo em apenas uma pasta no cartão MicroSD;
  • Aplicativo exclusivo (GS RTK).

Acima de tudo, gostaria de esclarecer que quando falamos de RTK (Real Time Kinematic) também conhecido como Posicionamento Cinemático em Tempo Real, estamos falando de uma técnica de posicionamento e navegação chamada GNSS, utilizada por sistemas como GPS, GLONASS, Galileo, entre outros sistemas.

Esta técnica baseia-se na medição de sinais dos satélites ao qual é corrigida através de dados de correção enviadas por uma estação de referência, permitindo-se obter uma acurácia horizontal de cerca de 0.02-0.2 metros.

Pois bem, este modelo é muito potente para o ramo de mapeamento, se puder investir em uma aeronave como esta, digo que vale cada centavo, ela possui diversos outros benefícios que não citei devido a extensão de suas características.

Por outro lado, ainda há outros modelos de drones como DJI PHANTOM 4, 3DR SOLO, DJI MATRICE 100. Todos com sistemas integrados para realizar mapeamento.

Todos os três possuem 4 baterias, no entanto, o modelo que fica mais tempo em operação, alcançando os 30 minutos, é o modelo DJI MATICE 100.

No entanto, sua câmera é inferior se comparado ao modelo 3DR SOLO que chega a 20 megapixels, enquanto que a câmera do DJI MATRICE 100 é de 14 megapixels. Por sinal, a câmera do 3DR solo é a que mais tem megapixels dentre os três citados.

Então a escolha vai depender das particularidades de cada um! E você, já escolheu o seu? Comente aí e conta pra gente 🙂

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário