Filmes com drones

Filmes com drones: 7 filmes de Hollywood filmados com a ajuda de drones

Neste artigo listamos alguns filmes feitos com drones de Hollywood e de grande bilheteria que não teriam sido filmados sem a ajuda desse equipamento.

Falamos de algumas companhias aéreas que filmaram as imagens com os drones e como os drones foram usados nessas cenas.

Reunimos algumas das maneiras pelas quais os drones foram usados ​​nos filmes de Hollywood de 2012 a 2016, seja atuando como parte de um personagem, nos emocionando com uma grande cena de perseguição de carro ou voando logo acima do personagem principal, enquanto tentam algo surpreendente.

Skyfall (2012)

Skyfall, de Sam Mendes, estrelado por Daniel Craig, Javier Bardem e Naomie Harris, foi o primeiro dos filmes de James Bond a usar drones para filmar imagens aéreas .

Skyfall teve de fato uma sequência de abertura espetacular, filmada por Flying-Cam, onde James Bond usa uma moto para perseguir um terrorista no telhado do Grande Bazar em Istambul.

As filmagens aéreas de alta velocidade capturadas pelo drone naquela cena fizeram burburinho em Hollywood, contribuindo para o movimento que viu, alguns anos depois, seis empresas de filmagem aérea obter as primeiras 333 exceções da FAA (comparada com a ANAC aqui no Brasil) para filmagens em conjunto fechado.

A Flying-Cam, que filmou esta cena, ganhou um Oscar de Engenharia e Ciência (Oscar) em 2014 por seu sistema de aeronaves não tripuladas Flying-Cam 3.0 SARAH .

Eles usam sistemas de helicóptero em miniatura controlados remotamente desde 2000 e os usaram em muitos filmes de The Legend of Bagger Vance (2000 ), em vários filmes de Harry Potter, The Kite Runner (2007) e até Skyfall.

O Lobo de Wall Street (2013)

O filme de Martin Scorsese, O Lobo de Wall Street, usou a empresa de cinema nos Estados Unidos Freefly Cinema para capturar as imagens aéreas da festa na piscina.

A foto panorâmica começa no exterior e se move para capturar uma vista aérea da festa na piscina usando uma Canon C500  com um Gemini de Design Convergente para gravação 4K anexada a um drone Freefly .

O Freefly Cinema também filmou cenas de The Last Stand, de Arnold Schwarzenegger.

Os Mercenários 3 (2014)

Os Mercenários 3, outro filme de pré-exceções gravado na Bulgária, é sobre ação explosiva e cenas criativas rápidas.

A ZM Interactive era a empresa que trabalhava nas partes aéreas deste filme .

No total, 30 cenas deste filme foram filmadas por drone .

A cena de abertura foi filmada usando drones. Com um trem em movimento, um helicóptero voando baixo e coletando pessoas do trem, balas voando, explosões e ação de soldados, não foi uma cena fácil de capturar na câmera.

Como Ziv Marom, o piloto e proprietário da ZM Interactive, disse em uma entrevista ao The Hollywood Report sobre drones em filmes: “ Nós voamos ao lado de um trem e helicóptero. Filmamos tudo, desde caçar tanques a explosões, sobrevoar edifícios e saltos de motocicleta. Também podemos fazer tiros que um helicóptero real não pode fazer. Podemos fazer altitudes mais baixas. 

O uso de drones permite o movimento com o trem/helicóptero e realmente dá a impressão de ver toda a sequência se desenrolar diante de você.

A ZM Interactive filmou imagens de drones para várias produções de filmes como Homefront (2013) e Sparks (2013).

Chappie (2015)

Em Chappie, o mais recente filme do diretor sul-africano Neill Blomkamp após o aclamado Distrito 9, os drones têm sido usados ​​intensivamente.

A câmera no drone foi usada como o ponto de vista de um dos personagens do filme.

John Gore, da Drone Crew, África do Sul, era o principal operador de drones em Chappie. Em uma entrevista ao The Credits, John Gore falou sobre uma cena específica filmada com seu drone: um dos personagens do filme, perseguindo um personagem humano, voa por uma janela de vidro a toda velocidade.

Essa cena foi filmada usando seu drone e, embora essa foto – impossível de ser feita com um helicóptero – fosse tradicionalmente feita em uma câmera a cabo, o drone deu à cena uma sensação maior de velocidade e movimento orgânico .

Curso para iniciantes SMART PILOT ITARCPowered by Rock Convert

Chappie também usou pequenos drones para os personagens humanos.

Os drones, sem câmera, foram basicamente usados ​​como ponto de referência para procurar os atores enquanto interagiam com os personagens que seriam adicionados no CGI de pós-produção.

Spectre (2015)

Spectre de Sam Mendes, um dos mais recentes filmes de James Bond , faz amplo uso de drones .

A Helicopter Film Services (HFS), uma empresa britânica de filmagem aérea e de drones fundada por Jeremy Braben, foi a empresa escolhida para fornecer imagens aéreas de drones.

A fuga de James Bond de um incêndio foi uma das principais cenas de ação em Spectre e foi filmada principalmente com drones, em um telhado perto da Trafalgar Square, em Londres.

Aerigon teve a precisão de seguir uma sequência dramática de filmagens perto da ação, logo acima dos telhados, o que deu aos telespectadores um elemento de primeiro plano e ajudou a cena.

Isso teria sido muito baixo para um helicóptero operar com segurança.

A Helicopter Film Services precisava de permissão especial da Autoridade de Aviação Civil (CAA), pois essa sequência foi capturada à noite e, por razões de segurança, o uso do drone é geralmente altamente restrito no coração de Londres.

Vingadores: Age of Ultron (2015) também utilizou os serviços aéreos de drones da Helicopter Film Services junto com Into the Woods (2014). Os próximos filmes que usam filmagens de drones feitas por esta empresa de filmagem aérea incluem Spectral (2016) e The Huntsman Winter’s War (2016).

Jurassik World (2015)

O Team 5 Aerial System Rentals é outra empresa aérea experiente da Califórnia que adotou drones como uma maneira de obter fotos aéreas únicas de uma perspectiva mais baixa do que um helicóptero.

Um dos diretores de fotografia aérea da Team5 , David B. Nowell, relatou em um comunicado à Fujifilm :

Decidimos filmar Jurassic World principalmente com uma câmera RED Dragon e precisávamos de uma lente que cubra 6K e seja nítida o suficiente em todo o quadro. Optamos por equipar nosso sistema SHOTOVER K1 com as lentes Cabrio de 19-90 mm da FUJINON, e a gama de lentes funcionou perfeitamente para a nossa produção. Filmamos por alguns meses, principalmente no Havaí e também em Nova Orleans, e filmamos todas as cenas aéreas com o 19-90 Cabrio“.

O Team5 esteve envolvido em inúmeros filmes de destaque, incluindo The Purge (2013), Taken 3 (2014), San Andreas (2015) e Straight Outta Compton (2015).

Capitão América: Guerra Civil (2016)

Capitão América: Guerra Civil apresenta imagens de drones da Pictorvision e filmagens aéreas da Helicopter Film Services (HFS) .

A Pictorvision também trabalhou no filme Comancheria , com lançamento previsto para 2016.

Como era ilegal filmar usando um drone nos EUA até 2014, a maioria dos filmes ainda não lista o uso de drones no IMDB. No futuro, ficará mais claro quais filmes usaram drones para filmar certas cenas em vez de guindastes ou helicópteros.

O que isso significa para os ávidos cinéfilos?

Imagens aéreas incríveis usando diretores de fotografia aéreos amplamente experientes, que podem criar cenas guiadas com verdadeiros coordenadores aéreos. 

E tudo isso por uma fração do preço do uso de helicópteros e guindastes. Além disso, o uso de um drone, apesar dos contratempos, pode ser muito mais seguro do que o uso de um helicóptero.

É um ganha-ganha para os amantes de drones!

O resultado é uma cinematografia por drone que combina o melhor da tecnologia inovadora com uma base de práticas e procedimentos de segurança testados e aprovados.

Estamos apenas esperando a cinematografia aérea se tornar uma categoria do Oscar!

Quer receber mais conteúdos sobre drones gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.