Uso de drones e suas aplicações Uso de drones e suas aplicações

Uso de drones e suas aplicações

7 minutos para ler

O uso de drones no Brasil está se tornando uma pratica comum. Não irá demorar muito para que daqui há alguns anos vermos drones voando pelos céus. Estipula-se que no Brasil temos mais de 100 mil drones em operação, sendo 12 mil só de uso para prestação de serviço!

Por outro lado, nos Estados Unidos, o FAA (The Federal Aviation Administration), diz que até 2020 teremos cerca de 7 milhões de drones em circulação!

No entanto, é preciso cautela, pois com o consequente aumento do uso de drones, aumenta também os nossos riscos. A queda de um drone pode matar uma pessoa dependendo da altura em que ele estiver, do seu peso e tamanho.

Também o drone pode sobrevoar casas e invadir a privacidade dos moradores.

Além disso, os drones podem ser usados para fins extremistas com o intuito de machucar outras pessoas como os atuais “homens bombas” o fazem, portanto é por essas razões e outras que foram definidas as regras drone.

É importante mencionar os drones e legislação brasileira, criada dentro dos termos da lei brasileira para definir o uso e o comportamento do piloto quando estiver operando esta aeronave.

Assim, estabeleceram-se medidas que protegem as pessoas não envolvidas na operação deste aparelho. Certamente, além do o piloto estar sobre o domínio das normas regulamentadoras da ANAC, ele também deverá atender outros requisitos de outras organizações governamentais, sendo elas, a ANATEL (Agencia Nacional de Telecomunicações) e DECEA (Departamento de Controle do Espaço Aéreo).

No entanto, o uso de drones não há só facetas negativas. Há muitos setores do mercado que podem se beneficiar das utilidades desta aeronaves, como o setor da construção civil, da agricultura, de entregas e transportes.

Antes de qualquer atividade comercial com os drones, ou seja, com sistema RPA (remotely pilotec aircraft), deverão se atentar aos requisitos mínimos das regulamentações propostas pela ANAC.

  • O indivíduo que pilotar um drone deverá ser maior de 18 anos;
  • Registrar drone na ANAC (para voos acima de 120m);
  • Homologar drone na ANATEL (caso não venha homologado pelo fabricante);
  • Obter registro do DECEA (será preciso apresentar registro da ANAC);
  • Pilotar a aeronave com distanciamento de 30 metros na horizontal de prédios, instalações e pessoas;
  • É proibido sobrevoar com drones em áreas de segurança nacional, próximo de aeroportos e em estruturas de risco como a rede elétrica, termoelétricas e etc.

Caso o leitor tenha interesse em saber mais detalhes sobre as regulamentações, poderá encontra-las no site da ANAC, onde poderá baixar em PDF e ler com calma o que for do seu interesse.

Se você deseja entender sobre drones de guerra, que é um tipo de drone muito específico, criamos um artigo falando especificamente sobre eles aqui.

Drones e agricultura

Drones e agricultura são dois pares que se casam muito bem, pois os drones agrícolas se tornaram indispensáveis para o gerenciamento das plantações com o objetivo de aumentar a produção sem comprometer a qualidade.

Certamente o uso de drones na agricultura cria a possibilidade de fazer mapeamento das lavouras, identificar praga e doenças e fazer gestão do plantio. Com os dados gerados podem ser melhor administrados e consequentemente otimiza o trabalho, diminui os custos e ajuda na tomada de decisão.

Drone e construção civil

Este é outro nicho do mercado que pode se beneficiar e muito com o uso de drones em suas atividades. Pois imagine um prédio de 120 metros, no qual é necessário fazer uma inspeção para encontrar uma possível rachadura onde provavelmente está com vazamento.

Certamente, dependendo do local seria preciso um guindaste, uma equipe especializada para trabalhos em altura e com outras habilidades, assim seria inevitável todo um processo rigoroso para apenas identificar essa tal rachadura.

No entanto, com um drone nessa história com uma câmera especial, isso muda de figura, radicalmente. Talvez o único custo da construtora será o gasto com o drone, a câmera especial, com piloto e outros detalhes. É muito menos trabalhoso e mais econômico do que solicitar toda uma equipe, maquinário e veículo para isso.

Por outro lado, há outros benefícios para com o uso de drones na construção civil como, acompanhar o andamento da obra de ângulos diferentes e de lugares inacessíveis por nossas habituais aeronaves, poder monitorar trabalhadores quanto aos procedimentos de segurança e uso de EPI (Equipamento de Proteção Individual) e EPC (Equipamento de Proteção Coletiva), fazer monitoramento do canteiro de obras e etc.

Drones e entregas

Já pensou pedir uma pizza e recebe-la em menos de dez minutos em sua casa por um pequeno avião não tripulado? A princípio essa ideia já está sendo discutida desde de 2013 por Jeff Bezos, líder da Amazon, que vem prometendo realizar entregar com os pequenos drones, mas por enquanto ainda não passaram das fases dos testes.

Seria ótimo que os drones pudessem realizar tais serviços, no entanto muita gente que vive disso teria que começar pensar em outra função, pois se os drones cumprirem o que se espera deles, o sucesso será certo.

Dessa forma, teremos menos motocicletas nas ruas e mais drones nos céus, as entregas seriam mais rápidas, pois tais equipamentos não enfrentariam trânsito e outro obstáculos que os automóveis em terra enfrentam.

Também seria ótimo para o meio ambiente por que é um veículo aéreo que não precisa de combustíveis fósseis, as entregas seriam mais baratas, o que, provavelmente poderia aumentar a demanda de pedidos, tornando-se um setor em potencial para o crescimento da economia e assim por diante.

Drones e transportes

Andar de carro ou moto pelas ruas das grandes cidades é realmente estressante, o anda e para nos semáforos, o desrespeito de motoristas, possíveis acidentes.

De acordo com essa visão vemos que ainda temos que dar mais um passo em nossa evolução para conquistar mais saúde e bem-estar em nosso dia-a-dia. No entanto, acreditamos que este passo já foi dado, pois hoje já temos drones com capacidade de levar pessoas. Este tipo de drone, segundo características de seus fabricantes são totalmente seguros, confortáveis e completamente automáticos.

Nesse interim, já temos alguns modelos, cada um com uma funcionalidade diferente do outro, e um deles já está em circulação na cidade de Dubai como taxi aéreo, no entanto, temos outros ainda para serem lançados.

Definitivamente, o transporte de drones para pessoas, será um passo gigantesco para nossa sociedade, pois com uma aeronave capaz de sobrevoar a cidade em poucos minutos, onde é possível pousar de forma que não precisa de uma manobra complexa já que a aeronave pousa e decola na vertical sem muito esforço.

Sendo assim, nossa obrigação com o meio-ambiente será alcançada e, com certeza, o bem-estar e a saúde das pessoas aumentará e ainda teremos menos desperdício de tempo e entre outros problemas que temos em nosso meio de circulação que poderão ser resolvidas com o uso de drones para transporte.

E você, o que acha do futuro do uso de drones e suas aplicações para o futuro? Comente aí e fale conosco!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

3 thoughts on “Uso de drones e suas aplicações

  1. Sou piloto de drones sigo as normas de segurança tenho todas os documentos necessários para trabalhar com drones tenho certeza que é um mercado a crescer e evoluir já estou me preparando, apoio o uso de drones em todas as áreas que foi citado acima

    1. Muito obrigado pelo seu comentário, Wilbber.
      Como você disse, este é apenas o começo e quem estiver preparado antes, sairá na frente!
      Um abraço.

Deixe um comentário